Aprenda a meditar, excelente video

MSG

Quem Somos

Somos pessoas que acreditam na liberdade de expressão, pessoas que possuem a mente aberta e que independente da raiz estelar que podemos ter vindo, acreditamos que todos somos 1, Amamos a fonte Criadora, amamos a Natureza e a viva mãe Gaia (Terra), não possuímos qualquer placa religiosa por entender que as pessoas se unem pelo amor e não pela placa, no final das contas somos meros 22 gramas nem mais nem menos, o que importa eh a luz que conseguimos irradiar.
Acreditamos sim ter nossas raízes vinda das Plêiades, mas acima disso, acreditamos no poder do infinito onde entendemos que somos mágicos e que a vida tanto na terceira dimensão como em outras eh sempre uma lição a qual vamos sempre aprender coisas novas e fazer novos amigos/irmãos.
Bem Vindos ao Blog dos Plêidianos com AMOR os Saudamos sintam-se em casa.
Luara, Graciano, Priscila e Raquel
❥✫✫✫...¸.•°*”˜˜”*°•.ƸӜƷ ...❥✫✫..¸.•°*”˜˜”*°•.ƸӜƷ ♥ ░░ ♥ ♪ღ♪ ❥✫✫✫...¸.•°*”˜˜”*°•.ƸӜƷ ...❥✫✫..¸.•°*”˜˜”*
Dica: Ouçam nossa playlist ;)


Seja Feliz !

Seja Feliz !
Seja Feliz !

segunda-feira, 30 de abril de 2012

CARIANS


CARIANS (O povo pássaro)

O Carians é uma raça de seres aeromodelo. Em seu estado mais evoluído, a classe dominante dos Carians lembram seres humanos com características de águias coloridas.


Os Carians vieram do mesmo universo dos Felinos (vieram de Sirius A) e chegaram pela primeira vez neste universo quando ele estava sendo criado. Um grupo com 45 veio a pedido dos fundadores deste universo para ajudar a ajudar e supervisionar o jogo Universal.

Missão

 Os Carians trabalham de mãos dadas com os Felinos. Eles proveem proteção para planetas e estrelas que ainda estão desenvolvendo uma raça guardiã de seres, como os Humanos. A tarefa deles está completa quando os guardiões daquele reino evoluem a ponto de eles mesmos protegerem o planeta. Os Carians assumiram a responsabilidade de proteger as colônias Humanas em nossa galáxia, antes de Nibiru ser criado.

O propósito dos Carians é atuar como uma raça protetora para a evolução dos veículos físicos em um determinado planeta ou estrela. Foram os Carians que protegeram a evolução dos humanos Lyrianos primitivos dos Répteis que desejavam destruí-los.


 Os Carians também são responsáveis pela criação do sistema de malha energética de sustentação, portões estelares e portais. Eles são os engenheiros magnéticos enquanto os Felinos são os engenheiros genéticos. Os Carians também deixaram uma marca registrada do envolvimento deles conosco na forma da Fênix e da Águia, como também do Corvo e do Falcão. Estes pássaros eram (e ainda são) sagrados para muitos povos.
 


Características

 Os Carians eram etéricos e, por conseguinte, tiveram que desenvolver corpos físicos de formas de vida em evolução na superfície do planeta. É claro que eles escolheram a forma de vida que se tornaria o pássaro... e ao longo de um período de centenas de milhares de anos eles desenvolveram corpos de diferentes cores e tamanhos.

Os Carians foram conhecidos por sua afinidade única para plumagem colorida e assim criaram corpos físicos que refletiam seu talento criativo nesta área. É por isso que os Carians tem muito mais variedade de tamanho, forma e cor na sua raça do que fazem os felinos. Eles podem ter em torno de 3,5m de altura ou apenas alguns centímetros de altura.


Também como os felinos, um grupo de Carians original permaneceu etérico e tornou-se um Conselho que supervisionou e gerenciou o desenvolvimento de seus irmãos e irmãs que escolheram para encarnar no planeta como parte da atualização das suas formas físicas.

Quando seus veículos físicos tinham atingido um certo nível de desenvolvimento, eles começaram a cruzamento genético (algo que tinham aprendido com os felinos) com certos répteis que tinham evoluído nos pântanos e regiões mais quentes do planeta. O resultado deste programa genético foi a criação de uma nova raça híbrida conhecida por nós como o Draconians. Eles foram parte Carian e parte réptil.


Os Draconians tornaram-se mais abundantes na linha real do Aln do que a raça pura Carian. E como os felinos, eventualmente a casa de Aln seria povoado mais por Draconians e sua primeira derivada.....as serpentes voadoras (cobras).
 
Os Carians são conhecidos por suas habilidades analíticas afiadas e habilidades organizacionais. Um traço de carácter predominante dos Carians são suas necessidades de manter uma boa aparência e imagem em todos os momentos. Eles são bons jogadores de equipe, quando a estrutura de equipe envolve disciplina e respeitam os códigos de conduta.

 Os Carians não usam armas militares para proteção. Em vez disso, eles usam energia para criar bloqueios nos portais de entrada e saída de um planeta, portões estelares e dimensões.




Fonte:

http://www.bibliotecapleyades.net/vida_alien/esp_vida_alien_39.htm#The Carians 


sábado, 28 de abril de 2012

Ayahuasca - DMT A molécula do Espirito



Exemplo de visão causada pela ayahuasca


DMT - a molécula do espírito - video

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Principais componentes
Ayahuasca sendo preparada na Região do iquitos noPeru.

Ayahuasca é uma bebida produzida a partir de duas plantas amazônicas: Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis.[1] O nome significa cipó dos mortos.
Utilizada pelos incas ou melhor pelo complexo histórico cultural assim denominado. Segundo Darcy Ribeiro  apesar das diferenciações lingüísticas e das variantes culturais e nacionais o bloco inteiro deve ser encarado como uma só macro-etnia a neo-incaica. Numa avaliação que fez em 1960, publicada no livro "As Américas e a civilização", encontrou uma população de 15, 5 milhões de habitantes, na área montanhosa de 3.000 km de extensão que vai do Norte do Chile ao Sul da Colômbia cobrindo os atuais territórios da Bolívia, Peru e Equador, destes 7,5 milhões são considerados indígenas, 3 milhões brancos, por auto-definição e 5 milhões de cholos (mestizos).

A hoasca é utilizada tradicionalmente nos países como Peru, Equador, Colômbia, Bolívia e Brasil e ainda por pelo menos setenta e duas diferentes tribos indígenas da Amazônia.[3],[4]
Ver página anexa: Lista dos povos indígenas que utilizam ayahuasca

Seu uso se expandiu pela América do Sul e outras partes do mundo com o crescimento de movimentos religiosos organizados, sendo os mais significativos a União do Vegetal, o Santo Daime e A Barquinha, além de dissidências destas e grupos (centros, núcleos ou igrejas) independentes que o consagram em seus rituais.[5]

Outro movimento que tem apresentado grande crescimento ao longo da última década, tendo hoje centenas de associados, é a Natureza Divina.

Há estimativas do início da sua utilização e dispersão entre as tribos ameríndias entre 1.500 e 2,000 a.C. estando entre os principais estudos dessa datação os realizados pelo etnógrafo equatoriano Plutarco Naranjo que sumariou a pouca informação disponível sobre a pré-história da ayahuasca a partir de evidências arqueológicas abundantes em vasos de cerâmica, estatuetas antropomórficas, e outros artefatos (Naranjo, 1979, 1986).[6]

O estudo ocidental da hoasca começou com o renomado botânico inglês Richard Spruce (1817 — 1893), que, entre 1849 a 1864, viajou intensamente através da Amazônia brasileira, venezuelana e equatoriana, para montar um inventário da variedade de espécies de plantas lá encontradas na companhia de Alfred Russel Wallace (1823 — 1913) e Henry Walter Bates(1825 — 1892) . Esse trabalho reuniu mais de 30.000 espécimes vegetais da Amazônia e dos Andes, entre as espécies novas descritas e classificadas por ele estava a Banisteria caapida família das Malpighiaceae e os gêneros da Seringueira (Hevea) e Cinchona da qual o quinino é derivado.

Quanto às Malpighiaceaes, esse estudo, não só procededeu a descrição botânica da espécie como também sua utilização ritual (Dabocuri) pelos índios do Rio Uapés segundo ele os nomes indígenas dessa espécie são Caapi no Brasil e venezuela, Cadaná entre os índios Tukano do Uapés e Aia-huasca no Equador. (Spruce, 1852, apud:Hoene) [7]

sexta-feira, 27 de abril de 2012

SERES DE ALPHA CENTAURO


SERES DE ALPHA CENTAURO

 A estrela mais próxima do sistema solar é a estrela Alfa (a mais Brilhante) da constelação do Centauro. Esta estrela está numa distancia da terra de cerca de quatro Anos-Luz de nós.

Seres de Alpha Centauro como os Plêiades, procuram nos ajudar no crescimento espiritual, mas não tomam um papel ativo como as outras raças. Os Centaurianos têm mantido contato com algumas pessoas selecionadas na Terra.



Características

Sírius e Alpha Centauro trazem a energia feminina da passividade e receptividade, ensinando os seres a se tornarem compassivos e abertos ao aprendizado, o que desacelera o poder desequilibrado da impulsividade violenta; é mais um dos arquétipos importantes, impressos no inconsciente do planeta, e nele aprender o amor fraternal, a aceitação dos processos divinos, a compaixão e a aplicação da sexualidade como união sagrada (Maithuna). E em seu aspecto contrário traz o fascínio hipnótico e usurpador, o jogo da dependência e de vítima carente.

Sírius e Alpha Centauro entregam-se ao amor devocional, à humildade e resignação. Com o passar dos tempos, esses seres descobriram a importância de seu trabalho e vêm hoje unir seus conhecimentos e experiências, completando assim a unidade de espírito. O sistema terrestre é uma escola planetária que possibilita viver as duas faces de uma mesma moeda, ou seja, para se encontrar o equilíbrio se faz necessário conhecer os dois lados do caminho.


Aspecto Físico

O Centauriano humanóide se assemelha muito aos humanos que se encontram hoje na Terra.
O macho é muito musculoso e bem proporcionado, com cabelo loiro, castanho, negro ou vermelho. Os olhos são de forma ligeiramente asiática e de cor marrom, negro, azul, verde ou cor amendoada. Na altura os machos variam desde 1.8 a 2.4 metros. A cor de sua pele pode variar entre o marrom escuro a uma cor branca ligeiramente bronzeada. A fêmea também é bem proporcionada, mas menos musculosa, e chega a uma altura de 1.65 a 2.1 metros.
O Centauriano reptóide tem um corpo muito musculoso, escamoso, similar ao lagarto. A cor de sua pele encontra-se entre o verde e azul, ou vermelho e verde. As mãos são mais estreitas que as de um humano e contêm seis dedos que terminam em uma garra curvada afiada como navalha. Os olhos são arredondados e protuberantes, com a ranhura vertical e de uma cor vermelha brilhante ou dourada. Não há cauda, mas os pés têm cinco dedos largos terminando na mesma garra curvada. A fêmea, de menos de 2,4 metros, é ligeiramente mais alta.




Traços Especiais e Habilidades

Os Centaurianos são conhecidos por suas habilidades de grandes estrategistas e Conselheiros de Relações da Federação. Eles se destacam por reunir grupos de diversos seres sencientes e por atingir suas metas de uma maneira muito pacífica e harmoniosa.

Linguagem

A linguagem humanóide é bastante gutural como o alemão, mas de tonalidade parecida ao chinês. A linguagem reptóide é extremamente gutural e cheias de sons que são difíceis de reproduzir pela maioria dos humanos.


Nave-Mãe e Outras Naves

Os Centaurianos têm dois tipos de naves visíveis nos céus da Terra. A primeira nave é uma nave-exploradora para muitos fins. Tem a forma de sino, com uma grande asa circular em sua parte inferior. Tem 14 metros de diâmetro e perto de 9,1 metros de altura. A segunda é uma nave-comando, em forma de charuto, com uma pequena protuberância em seu meio, com um comprimento de mais de 60 metros.



FONTE:




Mandala


Mandala (मण्डल) é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e ocosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade pela delimitação de um espaço sagrado e atualização de um tempo divino.


Nas sociedades primitivas, o ciclo cósmico, que tinha a imagem de uma trajetória circular (circunferência), era identificado como o ano. O simbolismo da santidade e eternidade do templo aparece claramente na estrutura mandálica dos santuários de todas as épocas e civilizações. Uma vez que o plano arquitetônico do templo é obra dos deuses e se encontra no centro muito próximo deles, esse lugar sagrado está livre de toda corrupção terrestre. Daí a associação dos templos às montanhas cósmicas e a função que elas exercem de ligação entre a Terra e o Céu. Como exemplo, temos a enorme construção do templo de Borobudur, em Java, na Indonésia. Outros exemplos que podemos citar são as basílicas e catedrais cristãs da Igreja primitiva, concebidas como imitação da de Jerusalém Celeste, representando uma imagem ordenada do cosmos, do mundo.
A mandala como simbolismo do centro do mundo dá forma não apenas as cidades, aos templos e aos palácios reais, mas também a mais modesta habitação humana. A morada das populações primitivas é comumente edificada a partir de um poste central e coloca seus habitantes em contato com os três níveis da existência: inferior, médio e superior. A habitação para ele não é apenas um abrigo, mas a criação do mundo que ele, imitando os gestos divinos, deve manter e renovar. Assim, a mandala representa para o homem o seu abrigo interior onde se permite um reencontro com Deus. Um exemplo bem típico brasileiro de mandala, a partir da arquitetura, é a planta superior da Catedral de Brasília.
Em termos de artes plásticas, a mandala apresenta sempre grande profusão de cores e representa um objeto ou figura que ajuda na concentração para se atingir outros níveis de contemplação. Há toda uma simbologia envolvida e uma grande variedade de desenhos de acordo com a origem.
Originalmente criadas em giz, as mandalas são um espaço sagrado de meditação. Atualmente são feitas com areia originárias da Índia. Normalmente divididas em quatro secções, pretende ser um exercício de meditação e contemplação. O objetivo da arte na cultura budista tibetana é reforçar as Quatro Nobres Verdades. As mandalas são consideradas importantíssimas para a preparação de iniciadores ao Budismo, de forma a prepará-los para o estudo do significado da iluminação.
O processo de construção de uma mandala é uma forma de meditação constante. É um processo bastante lento, com movimentos meticulosos. O grande benefício para os que meditam a partir da mandala reside no fato de que a imaginaram mentalmente construída numa detalhada estrutura tridimensional.
No processo da construção de uma madala, a arte transforma-se numa cerimônia religiosa e a religião transforma-se em arte. Quando a mandala está terminada, apresenta-se como uma construção extremamente colorida. Depois do ciclo é desmanchada, a areia é depositada, geralmente, na água. Apenas uma parte é guardada e oferecida aos participantes.
Um monge inicia a destruição desenhando linhas circulares com seu dedo, depois espalham a areia e a colocam em uma urna. Quando a areia é toda recolhida, eles apagam as linhas que serviram de guia à construção e despejam a areia nas aguas do rio.






Todas as imagens foram tiradas da net

2012 - Evoluir com a Nova Terra




2012 - Evoluir com a Nova Terra

(Dolores Cannon), com seu trabalho de mais de 40 anos tem muito a nos dizer, na sua trajetória ela teve um imenso arquivo que eram simplesmente seus pacientes, com hipnose ela conseguiu extrair e ter acesso nesse imenso arquivos de dados que é nossa mente inconsciente (subconsciente). Com sua técnica ela conseguiu obter esses resultados, e nos dar essas ricasinformações através de 18 livros que trazem revelações de todo o tipo, desde metafisica, espiritualidade, avance espiritual, quantum healing, ovnis etc.
Nesse vídeo ela comunica sobre a mudança que fará o Planeta Terra da 3ª a 5ª Dimensão, que Nossa Terra chegou num ponto
que não aguenta mais a destruição que tantos e tantos anos vem sofrendo, e por isso “se decretou” um processo que será o desenvolvimento de outra Terra, um planeta inteiro mudará de dimensão ao subir as frequências e vibrações, essa passará a outra dimensão se separando e dividindo dessa que conhecemos. Uma Nova Terra. A Terra velha ficará com toda negatividade e de ruim que temos, e a Nova será formosa bela e quem conseguir elevar sua vibração irá junto com ela. As frequências estão mudando (cambio) pouco a pouco e já vêm vindo de anos atrás, gradualmente, lentamente, se fosse uma mudança repentina o corpo nao aguentaria, entao os corpos se vêm ajustando as essas mudanças também. Os que estão prontos para essa mudança são as pessoas que estão abertas e dispostas a aprender, mas que também saiba perdoar, sanar seus karmas.
O corpo e o DNA estão mudando definitivamente, os que mais sofrem são os que tem mais idade, os idosos. As crianças não, já que estão nascendo com seus DNAs evoluídos.
Mais uma vez cuidar oque comemos e que a carne vermelha nos deixa com as frequências baixas, (devemos fazer o contrario subir nossas frequências, para poder-nos progredir junto com a Terra), comer comida leves, mais crus possíveis. Os que forem a esse novo “mundo”, com o Tempo nossa dieta será liquida e ainda teremos o corpo físico, mas com certeza mais leve, e depois seremos de pura luz(claro, para passar a isso se levará um tempo).
Os que ficarem na velha Terra serão os que não querem mudar, os que estão presos na negatividade, e ficarão com o que criaram (por isso, somos seres criadores, criamos o que queremos pra nós) e terão que pagar seus karmas, e depois que morrerem já não se permitirão ir a Terra e sim irão a outros planetas onde ainda existam negatividade para que evoluam e desfaçam do karma que tem que pagar(parece o exilados de Capela, como muitos que estavam lá tiveram que vir pra cá na Terra).
Disso se trata a Bíblia dos que serão deixados para trás, e fala do novo céu e da nova Terra e os que ficarem atrás são os que não estarão prontos, e "na hora" não mais poderão mudar suas vibrações tão rápidamente, (isso tem que ocorrer gradualmente), e para ir temos que mudar nossas vibrações AGORA para poder passar a essa transição! Os que se derem conta será tarde demais, então, tem que estar trabalhando nisso JÁ nesse momento.
Fala que as pessoas “despertas” devem contatar com pessoas que estão no meio termo, mas os que estão imersos em negatividade não tem jeito, precisam passar por processos de evolução ainda, e devemos ajudar as pessoas que não sabem a que lado ir, que estão perdidas nessa dualidade, estas devemos ajudar, mostrando as mudanças que virão. Temos pouco tempo para nos ajustar a essas mudanças e por causa desse evento não normal no universo, essa divisao, do bem e do mal, por assim dizer, muitas almas puras estão chegando (há tempo) para ajudar nesse “evento” e auxiliar na elevaçao da consciência do que estão aqui.
E está funcionando, o positivo está SOBREPASSANDO o negativo e estamos mudando esse mundo e é muito tarde para voltar atrás, está em processo e ESTÁ acontecendo. Uau!! Quem quer mudar!?Que barco pegar! Não sabemos na verdade como somos ou quem somos, mas podemos saber muito bem oque queremos!!




http://adnuntiatum.blogspot.com.br/

Viagem Astral


"O conhecimento é o antídoto contra o medo."
Viagem astral: O Elo entre o Físico e o Espiritual 
Mensagem de Geremyia canalizada por Ann Brewer

Um ser humano consiste em um corpo físico e quatro corpos sutis: o duplo etérico, emocional, mental e astral. Cada corpo sutil tem um papel específico para executar trazendo informação dos reinos não-físicos ao veículo físico. A responsabilidade de seu corpo astral é atravessar a lacuna entre as experiências que acontecem nos planos astrais e sua realidade física. Embora a maioria não tenha consciência de visitar outros planos astrais, você constantemente visita outros lugares a fim de incorporar ensinos etéricos à sua existência física. Alguns chamam isto de experiência fora-do-corpo (out-of-body experiences - OBE), outros chamam isto de viagem astral. Qualquer que seja a terminologia e se você tem ou não recordação consciente, todo ser humano sadio viaja durante o estado de sono para outros reinos.

Algumas pessoas podem estar frustradas porque pensam que não estão recebendo informação de seu espírito guia ou pensam que não sabem como contatar os seres não-físicos. Estas pessoas serão surpreendidas agradavelmente ao saber deste contato noturno! Alguma vez você despertou e tentou abrir seus olhos ou mover seus braços e pernas mas estava impossibilitado do movimento? Esta é uma situação na qual seu corpo físico despertou antes do retorno de seu corpo astral. Ou, então, alguma vez você teve sonhos onde você sobrevoava o quarto ou pairava em cima de seu corpo dormindo? Este é de fato seu corpo astral dando um alegre passeio antes de retornar ao seu campo físico. Existem sete planos astrais positivos e sete negativos associados com Terra.

Os planos astrais que você visita dependem principalmente do estágio de sua alma e seu progresso com seus ensinos espirituais. Por exemplo, as almas que existiram em sociedades "lightworker" da quinta dimensão como Plêiades ou Arcturus antes de reencarnarem na Terra podem visitar este plano astral, enquanto que almas "mais jovens" que se originaram no plano da Terra e não experimentaram outras dimensões, têm restrições para visitar alguns planos superiores.

Semelhante ao nosso sistema de educação, há uma tentativa para se agrupar essas almas como uma experiência para acelerar a aprendizagem. Aqueles que escolheram a energia escura, como a fonte de poder, podem visitar um dos planos astrais negativos desde que estes sejam os ensinos que lhes interessem. Porém, não existe uma regra definida, "trabalhadores da luz" não vão automaticamente para planos positivos enquanto os seres escuros não visitam necessariamente regiões negativas. Há muitas exceções. Se você teve alguma vez em uma vida passada uma relação íntima com um ser positivo em que foi apanhado em um plano astral negativo devido a algumas escolhas infelizes...você não está atento a sua relação passada em um nível consciente, mas sua alma retém na memória esta relação. Sua alma é atormentada pelo pensamento de um ser amado apanhado por seres escuros. Neste caso, seu astral viaja cada noite para o plano negativo para tentar salvar o ser amado.

Naturalmente, a viagem astral a um plano negativo não é defendida por que o faz vulnerável. Embora você possa levar proteção adequada quando visita o plano negativo, mesmo assim você pode não suportar. Mais ainda, você está batalhando com entidades negativas quando desce ao plano astral negativo, logicamente isto não é uma experiência agradável. Trabalhadores da luz que viajam para planos astrais negativos podem experimentar periodicamente pesadelos que estão tentando refletir suas experiência, ou eles poderiam despertar exaustos depois de dormir tranqüilamente uma noite inteira.

O corpo astral é a chave do seu crescimento espiritual devido a ponte que se constrói entre sua existência na Terra e seu trabalho no mundo não-físico. Freqüentemente, você avalia os outros por aspectos de sua existência diária e julga alguém por sua existência aparentemente inócua que parecem estar conduzindo. Porém, você não tem nenhum conceito do tipo de trabalho que eles estão fazendo no plano astral:

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Raças Extraterrestres - Eustáquio Anddréa Patounas

Longo porem muito interessante e sim, este post  literalmente um livro intitulado, RAÇAS EXTRATERRESTRES.


Raças Extraterrestres Eustáquio Anddréa Patounas




Eustáquio Anddréa Patounas, escritor nascido em Atenas - Grécia, em 11 de maio de 1951, teve uma vida repleta de acontecimentos surpreendentes, razão pela qual voltou-se para o estudo da essência humana, tornando-se um especialista na visão macroscópica da vida.
Conferencista com experiência internacional, desenvolveu uma sistemática de cursos e palestras marcados pela sobriedade e responsabilidade por efetuar transformações pessoais através de técnicas tais como a ativação para manifestação do Cristo Interno e ampliação da consciência, no intuito de retirar o homem da atual estagnação em que se encontra, estabelecendo uma nova ética e rompendo paradigmas.
Além deste livro, escreveu "Contatos Interestelares", "Memórias de um Kumara", "O Ungido" e "O Grande Sol Central".


Tudo que você sempre quis saber sobre
Raças e Planetas Extraterrestres
mas nunca teve a quem perguntar

Eustáquio Anddréa Patounas.




P313t

Patounas, Eustáquio Anddréa
Tudo que você sempre quis saber sobre raças e
planetas extraterrestres mas nunca teve a quem
perguntar / Eustáquio Anddréa Patounas. - [S.I.]: E.A.
Patounas. 2002.
102p.; 21cm

ISBN: 85.902477-5-9

1. Contatos com extraterrestres. I. Título.

CDD: 001.942


EDITORAÇÃO E IMPRESSÃO:
Gráfica Santônio - (27) 3232-1266






É evidente que o ser humano desconhece sua própria civilização, a Terra, mas mesmo assim busca descobrir vida extraterrestre em planetas desta e de outras galáxias, no intuito de saciar sua curiosidade ou em busca de sua origem.
Buscamos de forma despretensiosa satisfazer o desejo do leitor, colocando características de algumas civilizações do espaço, assim como os tipos de habitantes. Neste infindável universo a vida se faz presente, em formas e modos adequados a cada dimensão ou atmosfera e uma única certeza é a de que todos os seres físicos são do tipo humanóide, ou seja, tem cabeça, tronco e membros, tal qual a humanidade terrena.
Poderíamos nos aprofundar muito, mas isso resultaria em dar passo maior que a perna e ocuparia milhares de páginas, inviabilizando qualquer pretensão. Ao iniciarmos o terceiro milênio, ainda guerreamos, ainda somos egoístas, ainda não amamos, ainda não enxergamos com a terceira visão. Temos à nossa volta universos paralelos que desconhecemos e não conseguimos ver. Ainda acreditamos que os extraterrestres utilizam-se de maneiras arcaicas para se locomoverem pelo espaço. Estamos engatinhando em matéria de conhecimento cósmico e física quântica. Tão logo consigamos dominar e trabalhar nosso ego, abriremos a mente e as portas do conhecimento e da ampla visão.
Vamos iniciar com a pergunta mais comum:

De onde vêm os Extraterrestres

As informações a seguir são fruto de relatos de contatados e/ou obtidas. através de canalizações. A aceitação da veracidade ou incredulidade, ficam por conta do leitor.


Alpha Centauri (Methária)

Os Santinianos são nossos vizinhos cósmicos do sistema Alpha Centauri. O nome Santinianos se refere à expressão italiana Santini (os santinhos), e está sendo usada exclusivamente para um grupo de seres de Alpha Centauri.
Os Santinianos representam uma das humanidades mais avançadas espiritual e tecnologicamente em nossa vizinhança solar. Existe uma relação com os habitantes de Sírius, Plêiades e Vênus. Juntamente com outras civilizações, eles acompanham a evolução da Terra, especialmente durante os últimos 4000 anos. Atualmente ajudam a humanidade a galgar o próximo passo da evolução, ou seja, a transição para a Era de Aquário.
Alpha Centauri é formado por três estrelas, chamadas simplesmente de A, B e C na literatura astronômica. A estrela Alpha Centauri C é o vizinho mais próximo do nosso Sol (4,22 anos-luz). É também chamada de Próxima Centauri. As estrelas Alpha Centauri A e B são um pouco mais distanciadas da Próxima (4,35 anosluz) e juntas formam um sistema bi-estelar. Elas giram em torno de si mesmas num período de 80 anos.
Podemos notar que a estrela Alpha Centauri A está na mesma categoria do nosso Sol, sendo assim possível do ponto de vista científico-ortodoxo, de existir um planeta com as mesmas características da Terra.
O planeta dos Santinianos chama-se Methária, um dos planetas em volta de Alpha Centauri A. Devido ao duplo sol, nunca há noite completa nos planetas, porém, existe por do sol. Methária é muito parecido com a Terra, do mesmo tamanho, com densidade e pressão atmosférica menor e sua superfície está mais coberta por água, como na Terra. Existe um só continente com muitas ilhas.
A vida não se manifesta somente no plano físico inferior, mas também no etérico e planos astrais, e se compara à vida em Vênus, tendo aliás os Santinianos, bases lá também. A vegetação em Methária demonstra uma riqueza desconhecida na Terra. O clima é mais nivelado, os espíritos da natureza (devas) estão incluídos na harmonia vital e raramente há trovões como na Terra. Não existe agricultura, a manipulação e compulsão são desconhecidas no planeta, estando a produção de alimentos naturais completamente dirigida pelos espíritos da natureza.
O mundo animal demonstra um nível avançado de inteligência. Assim, o comportamento instintivo do animal se transforma num individual, não sendo estranho que um pássaro ou cachorro, responda a uma pergunta com resposta articulada.
Logicamente os Santinianos são vegetarianos. A população de Methária consiste de 3,5 bilhões de habitantes, mas somente 5 milhões estão dedicados totalmente às viagens espaciais. Não existem cidades ou áreas superpovoadas, e as pessoas moram em casas dispostas em harmonia com a natureza. Em Methária não existem diferenças no "modus vi vendi" . O modo de viver é o mesmo para todos. Não existe separação entre ricos e pobres, educados e não educados, não há conflito de religiões porque as leis espirituais são evidentes e conhecidas de todos.
Todo mundo tem as mesmas condições para viver em harmonia, sem compulsão. Qualquer coisa está sempre disponível para todos, e ninguém esconde nada do seu semelhante ou tenta roubar conscientemente. Todo mundo sabe quem é o único proprietário: Deus, O Criador. A criação em toda sua riqueza infinita, é somente um presente, um instrumento para educação espiritual. A perfeição técnica não é desejada para si próprio, mas para o bem e benefício de todos os seres vivos.
Instalações técnicas como na Terra - estações elétricas ou plataformas de petróleo - são inaceitáveis para os habitantes de Methária, porque elas perturbam o universo natural. Como todos os estelares, os Santinianos tem algumas qualidades espirituais:
Devoção para o Supremo: Conexão com a Fonte e Serviço ao Divino Intuito.
Autoridade: Atendendo, ensinando e ajudando outros seres.
Harmonia: Relações harmoniosas, e consciência constante para viver na Presença do Supremo. Harmonia consiste na condição básica. mais importante da vida dos Santinianos. Ela se manifesta numa relação adequada. Por exemplo: uma família idealmente consiste em dois membros de cada geração, ou seja, dois avós, dois pais e duas crianças. A importância desta harmonia pode se entender graças à presença do sol duplo, que representa relação perfeita no nível superior.
Eventos sociais e devoção espiritual, são acompanhados de cerimônias, como na Terra. Quando um homem e uma mulher acreditam no seu destino comum, eles casam. O divórcio é possível e acontece no mesmo lugar e maneira do casamento, sendo que na maioria dos casos, o casal sente vergonha de se divorciar na frente dos mesmos convidados.
As capacidades técnicas dos Santinianos, estão muito além da nossa imaginação. A construção de naves espaciais (algumas com extensão de quilômetros), e viagens interestelares são somente possíveis com materialização e desmaterialização. Na Terra, essas capacidades são usadas por pouquíssimas pessoas. Os Santinianos estão aqui para ajudar-nos, mas respeitam nosso livre arbítrio e não nos forçam a acreditar neles. Methária é o planeta de origem de Ashtar Sheran, um ser de muito amor e sabedoria.


Andrômeda

Estes formam uma raça não física de seres angélicos puramente impressionante, da Galáxia Andrômeda. Formam essencialmente a força espiritual dentro da Hierarquia Estelar e são os guias entre os Plêiades e de todo nosso ramo de evolução humana. Os seres da Galáxia Andrômeda estão ajudando os seres da nossa própria Via Láctea a crescer; é um exemplo macrocósmico de como a civilização plêiade está ajudando o crescimento de nossa Terra.


Arcturus

Os Arcturianos são uma das civilizações mais adiantadas de toda nossa galáxia.
Arcturus é uma supergigante estrela vermelha na constelação Bootes, e a estrela mais brilhante daquela constelação, distando 36 anos-luz da Terra.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Liberta-se do MEDO da 3ª Dimensão







“Somos poeira de estrelas!”Carl Sagan

Ricas informações para nos libertar dessa cadeia em que vivemos da chamada 3ª dimensão, descobrir quem somos; (pode parecer meio clichê) poderosos, e que somos e que isso é a mais pura verdade! Quando lemos ou ouvimos sobre isso, simplesmente acabamos nos alimentando da mentira, que isso é impossível, que isso é besteira de quem fala sobre nova era, inspirado com o tal lado esquerdo do cérebro super ativado e lado direito bloqueado, mas não é bem assim, basta pelo menos deixar que essa informações entre dentro de você e que você as sinta como sua verdade, se você as merece!

“Não pode convencer a um crente de nada porque suas crenças não estão baseadas em evidencia, estão baseadas em uma enraizada necessidade de crer” Carl Sagan

O que mais nos deixa aprisionado nesse sistema e que nos faz seguir nessa prisão é um sentimento que tem como base o MEDO, todas as informações relacionadas a esse assunto chega nesse atalho, e que isso está fechando A TODOS pra maravilhas do cosmos!

Então somos dominado pelo MEDO, desde que nascemos, na educação, religião, noticias, etc. e outros paradigmas.
Paradigmas esses que passaram nossos pais, avôs, bisavôs, e isso vai mais além sendo genético, está no nosso DNA.

“Nossos antepassados observaram a complexidade e a beleza da vida e compreenderam que tinha que existir um grande criador” Carl Sagan
Esses vídeos abaixo mostra isso, que podemos criar, e que somos capazes de dar um Reset, apagar esses botões que nos mantém aprisionados e liberarmos dessa ilusão , sendo NÓS mesmos co-criadores da nossa existência. Imagina se são muitos que pensam assim!
Dolores Cannon, terapeuta Hipnótica, fala da 3 ondas de pessoas que nasceram na terra, que seria os Starseed que fala Alexander Retrov no vídeo mais abaixo:
Nesse entrevista Dolores Cannon fala dos seus 40 anos de experiência com Hipnose, da mudança, da Nova Terra, que a terra É UM SER VIVO, das outras dimensões, do karma, Nível Vibracional, que devemos nos "libertar" para evoluir, vale ser visto e conhecer o trabalho dessa terapeuta que está tantos anos estudando pessoas. Ela fala claramente que agora estamos preparados par

TELOSIANOS


TELOSIANOS



Os Telosianos são habitantes intraterrestres originários de civilizações humanas antiquíssimas, que habitaram a superfície da Terra, como a Lemúria e a Atlântida e, portanto, geneticamente relacionados à humanidade. A descrição mais famosa de uma dessas raças antigas é encontrada na publicação póstuma "diários" do Almirante Richard Byrd, onde descreve uma expedição secreta para o Polo Norte, tendo sido ele levado para a habitação subterrânea de seres de avançada tecnologia, com características físicas nórdicas.

Telos é uma grande cidade subterrânea, que dizem estar localizada abaixo do Monte Shasta, Califórnia, e que foi descrita tanto por indivíduos que tanto viajaram fisicamente para esta cidade, quanto por aqueles que afirmam ter-se comunicado telepaticamente com os moradores desta civilização. O ufólogo proeminente, William Hamilton, afirma ter-se encontrado com representantes de Telos, que descreveram para ele a tecnologia avançada e a estrutura de Telos, bem como sua conexão com a antiga civilização da Lemúria.


De acordo com a Dianne Robbins, que afirma ter-se comunicado telepaticamente com os Telosianos, eles são remanescentes da antiga Lemúria, que fizeram do Monte Shasta sua casa, após a destruição do seu continente. Originalmente, sua população se resumia a 25.000 indivíduos. Sua civilização floresceu nas cavernas subterrâneas do Monte Shasta e se se multiplicou até atingir a soma de 1,5 milhões de habitantes. Fazem uso de tecnologias psicotrônicas, e utilizam-se de cristais e de suas habilidades mentais altamente desenvolvidas, a fim de manter uma sociedade extremamente avançada, que interage com os extraterrestres de um grande número de sistemas estelares.


Características dos Telusianos

Os Telosianos são parte da ordem espiritual de “Melquizedec”, com conexões à mente coletiva de Ashtar e tem tratamentos com extraterrestres em Arcturus, Sirios e Saturno. São altos e loiros, habitantes de uma rede do subsolo reestabelecida de colônias antediluvianas. Podem ter leve contato com os Pleidianos e outros grupos. Por meio de antigos laços ancestrais, se diz que os Telosianos possuem veículos interestelares e são um ramo da rede sub-internacional de Agharti e sua “Frota Prateada”.
 

Os telosianos e outras civilizações intraterrenas procuram interferir nos acordos bélicos realizados entra a humanidade e aliens hostis, enquanto observam e ajudam no crescimento evolutivo da consciência humana. A ajuda ao planeta, fornecida pelos telosianos, inclui: proteção ambiental, promoção da biodiversidade, modernização da medicina, ampliação da longevidade humana e recuperação do conhecimento histórico da raça humana da superfície, perdida através dos milênios.



Como vivem

 A cidade está dividida em vários setores que partilham o mesmo governo local. O complexo urbano é dividido em 5 níveis, conforme a sua profundidade, abrangendo vários quilômetros quadrados abaixo Monte Shasta.

 O primeiro nível: grande percentagem da população vive abaixo da cúpula, no primeiro nível. Esta também é a parte onde os edifícios administrativos e públicos e vários templos estão situados. No centro deste nível se situa o templo principal, dedicado ao sacerdócio de Melquisedeque, chamado de Templo de Mara, uma estrutura em forma de pirâmide capaz de abrigar 10.000 pessoas. A pirâmide é branca, feito de uma rocha denominada "pedra viva", que nos foi doada pelos Seres de Vênus.


O segundo nível: esse é o lugar onde toda a produção e fabricação dos produtos básicos, para a população da cidade, tem lugar. É também a área de várias escolas para as crianças e adultos. Muitos habitantes de Telos têm suas moradas edificadas nesse nível.

 O terceiro nível: é totalmente consagrado aos jardins hidropônicos, onde toda a oferta de alimentos é cultivada em cerca de 7 hectares de terra, produzindo uma dieta que é muito interessante e divertida, e que oferece muita variedade. Os métodos de jardinagem são tão eficazes, que sete hectares de terra é tudo o que precisam para fazer crescer, abundantemente, uma variedade muito grande de alimentos, capaz de dotar um milhão e meio de habitantes com corpos fortes, saudáveis e que não envelhecem.

Os jardins hidropônicos são capazes de produzir culturas em uma base auto-sustentável. Pode-se cultivar alimentos muito mais rapidamente, usando tecnologia hidropônica avançada, utilizando pouco solo e muita água, sem o uso de produtos químicos, que empobrecem o solo. A comida é totalmente orgânica, detentora da mais alta vibração, pois além de os jardineiros adicionarem minerais orgânicos na água, para as plantas, seus cultivos também são reforçados e vivificados pela Grande Luz, a energia e a vibração positiva de amor de Telos. Essa é a magia da consciência da quinta dimensão, que os humanos da superfície vão descobrir logo, mais provavelmente nessa década ou no início da próxima.


 O quarto nível: contêm alguns jardins hidropônicos, algumas áreas de fábricas e uma grande área de vegetação, formada por um parque, pequenos lagos e fontes.

O quinto nível: é totalmente consagrado à natureza. Há árvores altas, lagos, atmosfera e vários tipos parque. Este é o lugar onde são mantidos todos os animais e muitas plantas que já não existem mais na superfície. Os animais são todos vegetarianos e não comem uns aos outros, vivendo lado a lado em total harmonia, sem medo e sem qualquer agressividade. Telos é realmente o lugar onde o leão e o cordeiro se deitam lado a lado e dormem juntos, com total confiança.



Relatos:

O Almirante Richard Byrd, que descreve uma expedição secreta para o Polo Norte, tendo sido ele levado para a habitação subterrânea de seres de avançada tecnologia, com características físicas nórdicas. Ele mostrou algumas das maravilhosas tecnologias desta sociedade e também se reuniu com o seu líder, que teria dito:

 "Nós o trouxemos aqui porque você, Almirante, tem de caráter nobre e é bem conhecido no mundo da superfície. Você está no domínio do Arianni, o mundo interior da Terra... Vou lhe dizer por que foram convocados aqui. Nosso interesse começou justamente após a sua raça explodir as primeiras bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki, no Japão. Foi nesse momento alarmante que enviamos nossas máquinas voadoras, o "Flugelrads", para o seu mundo da superfície, a fim de investigar o que sua raça tinha feito. Você vê, nós nunca interferimos antes nas guerras e barbáries de sua raça, mas agora é preciso, uma vez que vocês aprenderam a mexer com um poder que não é para o homem, o da energia atômica. Nossos emissários já enviaram mensagens para os governantes do seu mundo, e eles ainda não nos deram ouvidos. Agora você foi o escolhido para ser testemunha de que o nosso mundo existe. Você vê, a nossa cultura e ciência estão milhares de anos além das da sua raça, Almirante."

O ufólogo proeminente, William Hamilton, afirma ter-se encontrado com representantes de Telos, que descreveram para ele a tecnologia avançada e a estrutura de Telos, bem como sua conexão com a antiga civilização da Lemúria. Hamilton descreveu um Telosiano, 'Bonnie', e sua família como se segue:

"Bonnie, sua mãe (Rana Mu), seu pai (Ra Mu), sua irmã Judy, seus primos e Lorae Matox, vivem em nossa sociedade, retornando frequentemente à Telos para descanso e recuperação. Bonnie diz que seu povo usa enormes máquinas para perfuração de túneis na Terra. Estas máquinas de perfuração transmitem calor para a rocha, que se torna incandescente e, em seguida vitrifica-se, eliminando assim a necessidade de vigas e suportes. Os túneis de trânsito são usados para ligar as cidades que existem em várias regiões subterrâneas do nosso hemisfério. Seus trens subterrâneos são movidos por impulsos eletromagnéticos até velocidades de 2500 mph (4020Km/h). Um desses túneis de ligação conecta Telos com uma de suas cidades na selva de Mato Grosso, no Brasil. Eles cultivam alimentos hidropônicos, sob iluminação de espectro completo, em seus jardins trabalhados por autômatos. A comida e os recursos de Telos são distribuídos em abundância para seu milhão e meio de habitantes, que vivem em uma economia onde não existe o dinheiro."

Uma breve historia dos Telosianos:




Fonte: